Análise aos números do último trimestre do SRIJ

tiago magalhaes
Tiago Magalhães
Escritor
24-11-2021
3 Min de Leitura relogio

A cada trimestre o Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos divulga os números em comparação aos anos anteriores. Estes são de relevância para perceber como se situam os jogos de azar e apostas desportivas em Portugal.

Os valores divulgados mostram que o crescimento das plataformas que os oferecem são uma tendência a manter-se a longo prazo, principalmente por cada vez mais se tornarem uma fonte de diversão e prazer.

O crescimento notório

No relatório do SRIJ vê-se um claro crescimento no 3º trimestre do ano, não apenas face ao ano anterior, mas também aos outros trimestres analisados ao longo do ano.

Assim sendo, no 3º trimestre analisado houve uma receita bruta de certa de 64,8 milhões de euros, um aumento de 7,4 milhões face ao trimestre anterior, mas com uma subida de 23,2 milhões face ao ano homólogo de 2020.

Cada vez mais pessoas ou mais investimento

O crescimento do valor gasto comparativamente ao ano anterior é cada vez mais relevante. Registaram-se 1,782,4 milhões de euros, mais 129,9 milhões face ao trimestre anterior, mas também mais de 600,5 milhões de euros comparativamente ao trimestre de 2020.

A tendência é visível e cada vez surgem mais pessoas que querem investir nos jogos de fortuna ou azar.

Contudo, há um destaque, cerca de 77% dos valores mencionados anteriormente foram utilizados nas máquinas de jogo, ou seja, slots machines.

A roleta francesa representa a segunda fatia mais forte do grupo, com 9,83%, seguida do blackjack (5,22%), da banca francesa (3,85%), do póquer não bancado (2,55%) e do póquer em modo torneio com certa de 0,96%

A faixa etária do mercado

Relativamente ao trimestre anterior, foram feitos cerca de 10,4 mil novos registos de utilizadores nas plataformas online de apostas desportivas e casino, totalizando assim 162,3 mil novos registos

Em setembro de 2021, a principal faixa etária dos jogadores distribuía-se pelas idades compreendidas entre os 22 e os 44 anos, nomeadamente em 61%, sendo que desses, atualmente, 64% conta com uma idade inferior a 34 anos.

No total, a maioria dos apostadores em Portugal tem entre os 25 a 34 anos, representando 37,4% do total dos jogadores.

Curiosidades do relatório de contas

Apenas 27,5% dos apostadores apostaram exclusivamente em jogos de azar, uma percentagem que foi superior em 1,3% face ao trimestre anterior. Porém, 32,6% dos jogadores fizeram simultaneamente apostas desportivas ao mesmo tempo que apostaram em jogos de fortuna ou azar.

Registou-se ainda um acréscimo de jogadores autoexcluídos da prática de jogos e apostas online, mais concretamente 100,8 mil. Isto traduziu-se em mais 7,2 mil autoexclusões face a junho de 2021. Estes mesmos jogadores representavam cerca de 3,2% de jogadores registados em plataformas.

Continua a ser feito trabalho no sentido de tornar o universo das apostas e jogo online mais seguro, e neste mesmo trimestre foram alvo de notificação para encerramento cerca de 48 operadores ilegais de jogo.

Deixe Seu Comentário

Tem algo para dizer? Compartilhe sua opinião conosco!

Olá, Para avaliar, por favor faça ou
0/150 Caracteres

Artigos Semelhantes